A cor escura ao fundo é para tornar a leitura mais agradável, não agride tanto a retina.

Gosto de suavidade, músicas e formas suaves, sutileza, carinho, delicadeza, romantismo...

Gosto de pessoas e do universo fascinante que é a singularidade de cada um;

Gosto de todos esses blogs à esquerda. Neles, encontro emoção, genialidade, me edifico...

Gosto de sorrir e tento fazê-lo o tempo todo, faz bem para a alma, para o corpo,

dá leveza nas tarefas cotidianas e desarma quem não está com bom humor;

Gosto da paciência, do equilíbrio e do bom senso - são inerentes à sabedoria;

Gosto das letras, palavras, frases e das várias formas de interpretá-las...

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Paciência

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma;
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma;
A vida não para...
Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso, faço hora, vou na valsa;
A vida é tão rara...
Enquanto todo mundo espera a cura do mal;
E a loucura finge que isso tudo é normal;
Eu finjo ter paciência...
O mundo vai girando cada vez mais veloz;
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós;
Um pouco mais de paciência...
Será que é tempo que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo para para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara...
Tão rara...
Lenine

Nenhum comentário: