A cor escura ao fundo é para tornar a leitura mais agradável, não agride tanto a retina.

Gosto de suavidade, músicas e formas suaves, sutileza, carinho, delicadeza, romantismo...

Gosto de pessoas e do universo fascinante que é a singularidade de cada um;

Gosto de todos esses blogs à esquerda. Neles, encontro emoção, genialidade, me edifico...

Gosto de sorrir e tento fazê-lo o tempo todo, faz bem para a alma, para o corpo,

dá leveza nas tarefas cotidianas e desarma quem não está com bom humor;

Gosto da paciência, do equilíbrio e do bom senso - são inerentes à sabedoria;

Gosto das letras, palavras, frases e das várias formas de interpretá-las...

sábado, 19 de março de 2011

Admiro as pessoas que são otimistas, para elas, vale à pena viver mesmo diante das maiores adversidades;
Fazem a própria vida e a dos outros serem belas, mesmo com tantos desencantos;
Acreditam que a dor é passageira e quando passa deixa sempre algum aprendizado, nos torna mais fortes para enfrentar os altos e baixos da longa jornada;
Conseguem encontrar equilíbrio na adversidade, na tempestade ou no caos.
Obervando bem, essas pessoas nos mostram que há sempre um jeito de estar bem com tudo que está a nossa volta.



"Quem espera que a vida
Seja feita de ilusão
Pode até ficar maluco
Ou morrer na solidão
É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer
É preciso saber viver

Toda pedra do caminho
Você pode retirar
Numa flor que tem espinhos
Você pode se arranhar
Se o bem e o mal existem
Você pode escolher
É preciso saber viver!"


R. carlos/ E. carlos